Páginas

O que verdadeiramente sou

Gabriela Mistral


"Soy una alma desnuda en estos versos,
alma desnuda que angustiada y sola
va dejando sus pétalos dispersos."


"Sou uma alma nua nestes versos,
alma nua que angustiada e sozinha
vai deixando suas pétalas dispersas."


Tradução: Clebson Moura Leal


6 comentários:

  1. De uma tristeza tão latente...Emociona.
    Saudades, passa lá! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Desculpem-me a ausencia.
    Estou de volta e com saudades de todos.

    Gosto dos afagos sinceros na alma.
    Nada extravagante eu gosto...
    Tenho fascinação pela simplicidade
    e por gestos pequenos de ternura...
    Gosto de acaricia-los com o coração!

    (Cida Luz)

    Amor & Paz no deu Domingo! M@ria

    ResponderExcluir
  3. Sempre maravilhosa, a Mistral... merecido Nobel ^^

    ResponderExcluir
  4. Melancólico e misterioso... mas muito belo.
    Beijos.

    ResponderExcluir