Páginas

Meu destino



Nas palmas de tuas mãos
leio as linhas da minha vida.
Linhas cruzadas, sinuosas,
interferindo no teu destino.
Não te procurei, não me procurastes –
íamos sozinhos por estradas diferentes.
Indiferentes, cruzamos
Passavas com o fardo da vida...
Corri ao teu encontro.
Sorri. Falamos.
Esse dia foi marcado
com a pedra branca
da cabeça de um peixe.
E, desde então, caminhamos
juntos pela vida...


Cora Coralina

5 comentários:

  1. Que delicia ter com quem caminhar, compartilhar, algo que se inicia ao acaso e depois se transforma, isso é muito bom!! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Com os desígnios do destino, não tem como irmos contra.
    Beijoquinhas super em seu coração Clebson e um lindo domingo para vc!

    Verinha

    ResponderExcluir
  3. Cora Coralina e sua delicadeza unida a sabedoria.
    Uma grande mulher que desenhou com traços dourados a vida e os sentimentos.
    O teu blogue é muito gostoso.

    Prazer

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Sorry, meu cantinho caso queiras dar uma passadinha lá. Vou te linkar.

    http://donasanta8.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. A delicadeza de palavras que trazem de volta a minha sensibilidade. É lindo!

    ResponderExcluir