Páginas

Desnudo día


En el paisaje nuevo
En el paisaje nuevo en que estarás conmigo
reposará la tarde como una flor caída.

Nos habremos deseado
tanto, que el beso habrá muerto.

Yo lo veré en tus ojos, maduros de otra sombra.
Ojos de un valle ausente. Ojos con otra luna.

Entre los dos corazones
llorará tu voz
antigua.

...Una tarde peinada con una raya oscura.
Tú tendrás la mitad más dulce de la vida.

Las camelias de tu boca
morirán en otro tiempo.


...Y aquella tarde mía, ya no será la tuya.
________________________


Nesta paisagem nova, 

nesta paisagem nova em que estarás comigo
repousará a tarde como uma flor caída.

Nós haveremos desejado
tanto, que o beijo estará morto.

Eu verei em teus olhos, maduros de outra sombra.
Olhos de um vale ausente. Olhos com outra lua.

Entre os dois corações
chorará tua voz
antiga.

...Uma tarde penteada com uma risca obscura.
Terás tu a metade mais doce da vida.

As camélias de tua boca
morrerão em outro tempo.


...E aquela tarde minha, já não será a tua.
__________________________


In this new landscape,
this new landscape that will be with me
rest in the afternoon as a fading flower.

We shall yearned so much,
therefore the kiss will be dead.

I'll see in your eyes, ripe for another shade.
Eyes of a valley away. Eyes with a other moon.

Between the two hearts
will cry your voice
old.

... One afternoon brushed with a dark stripe.
You have the half more sweeter of the life.

The camellias of your mouth
will die in another time.

...And that afternoon mine, don't will be yours. 




Josefina Plá
Tradução: Clebson Moura Leal

Nenhum comentário:

Postar um comentário