Páginas

Piedad por las palabras

Piedad por las palabras penitentes
                            [que mueren contra la almohada
las palabras caídas como piedra

sen el montón que cuenta los pecados
las palabras ahogadas como recién nacido
del cual la madre se avergüenza
las
palabras mendigas que jamás han tenido un vestido decente
para salir al domingo de la vida.


Y aún por la palabra amordazada
que un traje de cemento hundió en aguas oscuras
la palabra final sin sílabas y sin destinatario.




PIEDADE COM AS PALAVRAS
                                                                                                                     
                                                                                                                                                            Tradução: Antonio Miranda

Piedade com as palavras penitentes
                                 [que morrem sobre a almofada
as palavras caídas como pedras
no montão que conta os pecados
as palavras afogadas como recém-nascido
de quem a mãe se envergonha
as palavras mendigas que jamais tiveram um vestido decente
para sair no domingo da vida


E também pela palavra amordaçada
que um vestido de cimento afundou nas águas escuras
a palavra final sem sílabas e sem destinatário



Josefina Plá, Invención de la muerte (1969)

6 comentários:

  1. CONVITE
    Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Hoje vim agradecer a você por todas as vezes que carinhosamente esteve no meu blog e pelos comentários delicados que me deixou. Infelizmente nem sempre eu tenho tempo para te agradecer e te visitar, porém jamais me esqueço de você... Muito obrigada...

    Beijos
    Ani

    HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hoje vim agradecer a você por todas as vezes que carinhosamente esteve no meu blog e pelos comentários delicados que me deixou. Infelizmente nem sempre eu tenho tempo para te agradecer e te visitar, porém jamais me esqueço de você... Muito obrigada...

    Beijos
    Ani

    HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir